Ricca & Associados

Chinês HNA Group compra 23,7% da Azul Linhas Aéreas por R$ 1,7 bilhão

O chinês HNA Group assinou acordo para se tornar acionista da AZUL Linhas Aéreas Brasileiras por meio de investimento de R$ 1,7 bilhão por fatia de 23,7% do valor econômico da companhia aérea, obtendo direito a assento no Conselho de Administração da empresa.

O investimento avalia a empresa em mais de R$ 7 bilhões e, de acordo com a Azul, a torna a aérea mais valiosa do mercado brasileiro.

“Esse investimento trará importantes benefícios para a Azul em vários aspectos, tais como: fortalecimento do caixa; continuidade do plano de renovação de frota; melhoria de produtos e serviços para nossos clientes; além de amortização de dívidas”, disse a empresa em comunicado nesta terça-feira (24).

De acordo com o fundador da Azul, David Neeleman, o acordo pode fazer com que a empresa aérea brasileira entre no mercado asiático por meio de acordos de interline e de compartilhamento de voos.

IPO da Azul
O acordo com a HNA dá mais tempo para o IPO (oferta inicial de ações) da Azul, segundo o presidente-executivo da companhia brasileira, Antonoaldo Neves.

“Não estávamos com pressão pelo IPO, mas agora isso nos dá um prazo ainda maior”, disse Neves à agência Reuters.

Terceira maior empresa do setor aéreo no Brasil, a Azul desistiu em junho pela terceira vez de seu planejado IPO devido às condições adversas do mercado de capitais, pouco antes de receber um aporte de US$ 100 milhões da norte-americana United Airlines, do grupo United Continental.

 

Saiba mais através do site: http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2015/11/chines-hna-group-compra-237-da-azul-linhas-aereas-por-r-17-bilhoes.html