Ricca & Associados

Com 70 anos de história, Buffet França encerra as atividades devido à crise

Com uma extensa trajetória, o bufê começou sob o comando de Nilson França. Atualmente, os filhos do fundador estão à frente do negócio.

O mercado de eventos foi um dos primeiros segmentos a sentir a crise financeira decorrente da pandemia do novo coronavírus. Sem a realização de festas por mais de 100 dias, alguns negócios do ramo não tem conseguido se manter e, infelizmente, fecham as portas. Nessa quarta-feira (24/06), quem anunciou o fim das operações foi o conceituado Buffet França.

No comunicado enviado aos clientes, o Buffet França informou que não há como suprir o alto custo de despesas fixas sem a perspectiva de entrada de recursos. Quem havia acertado o serviço pode ficar despreocupado: os gestores estão à disposição da clientela para ressarcir os pagamentos adiantados e cancelar contratos.

Com uma extensa trajetória de atuação no ramo, desde 1950, o bufê começou sob o comando do empresário Nilson França. Orgulhosos do empreendimento, a família sempre fez questão de dar continuidade ao serviço de requinte.Por passar de geração em geração, atualmente estão à frente da empresa os filhos de Nilson, José Carlos, Rita e Gisele França, além de Joaquim Oliveira, sócio-fundador. Enquanto o neto, o chef de cozinha Gustavo França assumiu a responsabilidade dos quitutes deliciosos do bufê.