Ricca & Associados

Demanda Alta leva a aumento de preço

Segmentos de vestuário e eletroeletrônicos tiveram retomada forte e podem enfrentar problemas de desabastecimento no curto prazo.
Segundo o estudo realizado pelo Itaú Unibanco sobre a recuperação da economia por setores de negócio, segmentos como de vestuário e de eletroeletrônicos estão hoje no meio do caminho entre o “céu e o inferno”. Eles experimentam uma retomada mais forte do que o esperado na ponta da demanda, o que pegou as empresas de surpresa. E o impacto esperado é um possível desabastecimento nos curto e longo prazos, com aumento de preços.
“A gente tem visto entre os fabricantes de linha branca uma dificuldade em atender a demanda”, afirma a vice-presidente da área de vinílicos da petroquímica Braskem, Isabel Figueiredo. A empresa fornece, entre outros insumos, resinas e solventes que são usados na produção de geladeiras e fogões.
A própria Braskem enfrenta hoje o desafio de suprir os seus clientes, dado o volume de encomendas. “Depois de operar com 60% de nossa capacidade no início da crise, em agosto e em setembro batemos recorde de produção. Mas o número de pedidos continua crescendo”, diz Isabel.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saiba mais através do site: https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,demanda-alta-por-alguns-produtos-leva-a-aumento-de-precos-no-mercado,70003474287