Ricca & Associados

Empreendedor: Quem é você na crise?

Email: sheila@empresafamiliar.com.br

Site: www.empresafamiliar.com.br

Estamos vivendo um momento atípico. Não se fala em outra coisa a não ser em coronovírus, pessoas infectadas e morrendo nos hospitais, além do reflexo sem precedentes na economia do Brasil e do mundo.

Em relação aos problemas instalados, um assunto que se faz extremamente relevante é: A Situação das Empresas e do Mercado em Geral. Tornou-se uma realidade discutir sobre o aumento do desemprego; a sobrevivência dos autônomos, além dos micros e pequenos empresários; o alívio financeiro, tributário e fiscal oferecidos pelo governo; entre tantas outras questões que se fazem prementes nestes dias tortuosos.

Algumas perguntas são feitas periodicamente e sem respostas concretas. São elas:

–  O que fazer em meio à crise econômica? Qual a melhor Estratégia para meu Negócio?

–  Como me adaptar ao isolamento social sem descuidar da saúde mental?

–  Quanto tempo vai durar tudo isto? E no final, qual o saldo obtido neste período?

O empreendedor está apavorado com as obrigações e responsabilidades que tem, e não sabe bem ao certo como vai resolver.

Embora não existam respostas para muitas perguntas, é sabido que em períodos de crise também existem inúmeras oportunidades. Situações tão atípicas podem até permitir que reflexões sejam feitas, e soluções nunca pensadas sejam colocadas em prática. Isto é sinônimo de criatividade.

É preciso decidir que postura adotar: lamentar-se ou “arregaçar as mangas” e tentar “virar o jogo”. Não existe caminho fácil, mas é possível desenvolver alternativas que permitam colocar em prática novos projetos, assumir novos desafios, e no final, mudar de vida. Separamos algumas dicas que podem te ajudar:

1.Afaste-se do pessimismo e dos pessimistas:

O pessimismo é contagioso, nos deixa mais cabisbaixos e com menos força para protagonizarmos as reações necessárias para alavancagem corporativa.

Se optar pela negatividade, ela irá tomar conta dos seus pensamentos e sentimentos, fazendo com que você perca energia e fique paralisado, roubando assim suas expectativas de conquistas futuras.

2. Aproveite as oportunidades:

Em períodos difíceis é necessário buscar tempo para estudar. Busque mais conhecimento, pois isto fará com que você entenda que o mundo é muito maior do que você imagina. Assim, haverá condições mais propícias de ampliação de horizontes e identificação de novas possibilidades. Faça cursos on-line, leia, atualize-se acerca das notícias do Brasil e do mundo, desafie-se.

3. Crie uma estratégia:

Para ultrapassar um período de dificuldade é necessário elaborar um plano, uma estratégia que permita sair da fase difícil. Faça perguntas a si mesmo que possibilitem abrir a sua mente:

  • Pergunte-se: Por onde começar? Quem são pessoas que podem ajudar? Defina um ponto de partida, metas e objetivos …;
  • Estabeleça sua estratégia Digital, isto é importante para alavancar os negócios nestes tempos de quarentena. Ninguém sabe ao certo quando a vida voltará para os patamares normais.
  • Foque no seu objetivo, mantenha a calma e não se desespere. “Estamos todos no mesmo barco.”

Debruce-se nestas questões para ter uma visão melhor do cenário em que você se encontra, e para elaborar um plano de ação. Desta forma, não te parecerá tão impossível uma solução, e o ânimo para persistir aumentará.

4. Seja honesto:

Pessoas sem dinheiro podem ter crédito pela forma com que conduzem sua vida. Aqueles sem princípios elevados de valores éticos não possuem credibilidade. Haverá uma maior movimentação no sentido de aglutinação de forças, cooperação na condução das atividades empresariais e na busca de soluções. Você precisará de parceiros que acreditem na lisura de suas ações e te auxiliem na superação de obstáculos.

Seja íntegro!

Nós não temos como saber o que acontecerá amanhã, pois não existem respostas prontas para este período de tamanha turbulência. Porém, é possível manter um comportamento proativo; assumir uma postura mais assertiva com foco na persistência, na camaradagem, na fé, e na luta. Não se pode esmorecer. Esta é a conduta de quem vence, e este é o desafio de uma vida.

Por: Sheila Madrid Saad