Ricca & Associados

Família dona do Walmart perde US$ 13,1 bilhões em um dia

Em 2022, os Walton já perderam US$ 28 bilhões por causa da desvalorização das ações da varejista.

A família Walton, dona do gigante de varejo Walmart (WMT; WALM34), perdeu US$ 13,1 bilhões (R$ 69,9 bilhões) ontem (27), de acordo com o ranking global de bilionários da Forbes.

A queda ocorreu após a companhia divulgar projeções financeiras mais fracas do que as esperadas pelo mercado, afirmando que o lucro ajustado por ação cairá até 13% neste ano.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Os três filhos do fundador da companhia, Alice, Jim e Rob Walton, têm fortunas de cerca de US$ 58 bilhões cada e perderam, individualmente, cerca de US$ 3,7 bilhões com a notícia.

O restante da família, que é constituída por um neto, duas sobrinhas e uma cunhada do criador da empresa, divide aproximadamente US$ 37 bilhões. Ontem, as fortunas chegaram a recuar entre US$ 840 milhões e US$ 420 milhões.

No acumulado de 2022, a família perdeu aproximadamente US$ 28 bilhões (R$ 149,5 bilhões) de sua fortuna.

A família detém sua participação por meio de fundos e cuida da gestão dos ativos para que a participação não ultrapasse 50% do capital social da companhia. Em 2021, a empresa emitiu US$ 6,2 bilhões (R$ 33,1 bilhões) em ações para manter essa estratégia.

Em maio, a empresa havia dito que o lucro recuaria cerca de 1% no acumulado do ano, mas a situação se agravou com o controle de gastos dos consumidores norte-americanos, que enfrentam aumento da inflação e reajustes da taxa de juros no país.

Com a notícia, as ações da companhia fecharam o dia em queda 7,6% cotadas a US$ 121,98 (R$ 651,3).

Fonte: Leia mais em: https://forbes.com.br/forbes-money/2022/07/familia-dona-do-walmart-perde-us-131-bilhoes-em-um-dia/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.