Grupo Paquetá, dono da Capodarte e da Ortopé, pede recuperação judicial

Via Exame

Uma das principais referências do setor calçadista no País, o Grupo Paquetá – dono de marcas como Ortopé, Capodarte e Dumont – entrou com pedido de recuperação judicial na noite de segunda-feira, 24, para renegociar uma dívida de R$ 638,5 milhões.

A companhia, que fatura R$ 1,3 bilhão por ano, preparou o projeto de recuperação ao longo dos últimos dez meses. A empresa tem hoje 10,2 mil funcionários e mantém dez fábricas em operação, além de uma operação de varejo que inclui 148 lojas próprias e 86 franqueadas.

Embora o grupo esteja sofrendo com a atual situação econômica, uma fonte do setor calçadista informou que os problemas da companhia começaram a se agravar há dez anos. A exemplo do que ocorreu com a Sadia, a empresa também apostou na febre dos derivativos cambiais de 2009 – e amargou forte prejuízo.

Ao contrário do que ocorreu com a Sadia – que teve de se unir emergencialmente à Perdigão -, a Paquetá conseguiu rolar seu endividamento graças ao patrimônio pessoal de seus proprietários. Contava com a manutenção dos bons ventos no mercado de varejo que sopravam à época para resolver os débitos ao longo do tempo.

 

Matéria completa: https://exame.abril.com.br/negocios/grupo-paqueta-dono-da-capodarte-e-da-ortope-pede-recuperacao-judicial/?fbclid=IwAR010FdVf8ssc5e3j65xNdMtgxZyHUYVyApruXl89C2PdivC54tdxtBgu80