Ricca & Associados

Mulher mais rica da Ásia perde metade da fortuna; entenda

Yang Huiyan viu sua fortuna cair mais de 52%, para US$ 11,3 bilhões, ante US$ 23,7 bilhões um ano antes.

A mulher mais rica da Ásia, Yang Huiyan, perdeu mais da metade de sua fortuna no ano passado por conta da crise imobiliária da China, revelou um índice de bilionários, nesta quinta-feira.

Huiyan, acionista majoritária da gigante imobiliária chinesa Country Garden, viu sua fortuna cair mais de 52%, para US$ 11,3 bilhões, ante US$ 23,7 bilhões um ano antes, segundo o Bloomberg Billionaires Index.

Na quarta-feira passada, Huiyan recebeu novo golpe nas finanças: as ações da Country Garden caíram 15% no mercado de Hong Kong, depois que a empresa anunciou que venderia novas papéis para gerar renda.

A empresária herdou sua fortuna quando seu pai, Yang Guoqiang, fundador da Country Garden, transferiu as ações em 2005, segundo a mídia estatal. Dois anos depois, após listar o grupo na bolsa de valores de Hong Kong, ela se tornou a mulher mais rica da Ásia.

As autoridades chinesas aplicaram controles, em 2020, sobre o superendividamento no setor imobiliário, deixando grandes players como Evergrande e Sunac lutando para pagar seus compromissos, à medida que se aproximam da falência.

A Country Garden evitou os maiores problemas que se abateram sobre o setor, mas os investidores ficaram assustados com o anúncio de quarta-feira, de que levantaria mais de US$ 343 milhões por meio de uma venda de ações, em parte para cobrir dívidas.

Analistas apontaram que o setor imobiliário da China está em um “ciclo vicioso” que pode afetar ainda mais a confiança do consumidor.

Fonte: https://exame.com/negocios/mulher-mais-rica-da-asia-perde-metade-da-fortuna-entenda/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.